top of page

Ano novo, metas antigas!




Sempre que um novo ano se inicia, nós criamos sobre ele novas expectativas e, junto com ela, traçamos novas metas.

Seja ter fluência em um idioma, mudar de emprego, fazer um curso, empreender ou qualquer outro sonho, muitas vezes, ao chegar em dezembro nos deparamos com uma lista infindável de itens não cumpridos. E ai eu pergunto: se temos metas definidas e força de vontade, por que não conseguimos realizá-los?

Eu poderia discorrer algo sobre automotivação ou falta de foco etc. Mas, não acredito que seja este o caso. É muito provável que, em meio aos desafios que vão aparecer durante o ano, você se sinta desmotivada para buscar seus objetivos. Mas, por que isso acontece?

Nós, seres humanos, somos movidos pelos desafios, mas somos motivados por nossos resultados. E, além disso, somos motivados por resultados imediatos. Quando percebemos que algo pode levar muito mais tempo do que esperamos, a nossa tendência é desistir.

Por isso, seguem algumas dicas que podem te ajudar a chegar na sua meta:


1 - Trabalhe com metas reais: Muitas vezes definimos metas grandiosas para nós e não consideremos as demais variáveis que nos farão atingir ou não aquela meta. Por exemplo, se sua meta for atingir a fluência em um idioma, você precisará ter um bom conhecimento sobre esta língua para garantir esta meta. Caso contrário, durante o ano você vai acreditar que seus esforços não estão valendo a pena e acabará desistindo.


2 - Divida sua meta em pequenos objetivos: Quando você pensa na sua meta o que você vê? Imagino que você se veja vivendo a plenitude dela. Porém, antes de chegar até lá há um longo caminho a percorrer e isso, muitas vezes, é mais um gatilho para desistirmos. Mas, se você definir vários objetivos com prazos menores, a cada novo step alcançado você se sentirá motivado a continuar.


3 - Comemore as pequenas vitórias: Mesmo que você considere pequenas as mudanças alcançadas ou ainda que ninguém as valorize, comemore-as. Isso irá reforçar em você o sentimento de competência e lhe dará mais fôlego para prosseguir. É o que chamamos de automotivação.


4 - Esteja aberto a mudar de rota: Em alguns momentos, você pode precisar corrigir a rota. E tudo bem! Nenhuma grande invenção foi construída com perfeição pela primeira vez. Em todos os processos, os ajustes são naturais e necessários. Esteja pronto para reconhecê-los e modificar o que for necessário.


Seguindo estes passos tenho certeza que, ao final de 2021, você vai olhar para aquelas anotações feitas em dezembro passado e vai ver que conseguiu finalizar todas e algumas mais!


Que este seja um ano de muito sucesso!


Opmerkingen


bottom of page